Autor Tópico: Feitiços egípcios e antigos conjuros faraónicos  (Lida 444 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ricardo

Feitiços egípcios e antigos conjuros faraónicos
« em: Janeiro 26, 2017, 01:09:03 am »
Os feitiços egípcios têm milhares de anos de antiguidade, e chegaram a nós graças aos textos sagrados encontrados nas Pirâmides, os textos dos Sarcófagos e o Livro dos Mortos. O Livro Egípcio dos Mortos era um antigo script de sobrevivência que continha feitiços e conjuros egípcios antigos, junto de instruções para garantir o passo seguro através dos perigos dos Infernos. Estes feitiços de proteção eram feitos por figuras de autoridade, quem utilizavam todo tipo de amuletos durante os rituais funerarios do Antigo Egito. Um rollo de papiro que continha os mais antigos feitiços egípcios do Livro dos Mortos costumava ser sepultado junto dos homens ricos para lhes ajudar a sair de suas tumbas e encarar sua perigosa viagem pelo inframundo. Neste artigo veremos que tipos de feitiços egípcios chegaram até nossos tempos, e como conjurar feitiços de amor egípcios.

Os feitiços egípcios e o mundo terrenal

O Livro dos Mortos continha cerca de 200 feitiços mágicos desenhados para ajudar a superar as provas e julgamentos que tendia o inframundo. Os perigos dos infernos incluíam uma variedade de obstáculos, incluindo bestas temíveis, várias armadilhas, demônios e uma longa série de provas. Os feitiços egípcios deviam ser recitados no momento indicado para passar a cada prova e garantir-se o passo seguro para a Sala das duas verdades em onde se examinariam as ações de suas vidas mortais. Conhecer os feitiços mágicos corretos era essencial para o dia do julgamento.

Mas também existiam outro tipo de conjuros egípcios antigos, chamados Palavras Divinas, ou palavras de poder, codificados em forma de jeroglíficos. Os feiticeiros utilizavam estas palavras secretas para falar com as divinidadees e assim criar ou modificar a realidade. Para usá-las, não se precisavam papiros ou outras ferramentas, tais como amuletos, poções ou estátuas.

As Palavras Divinas explicavam as relações entre as causas e efeitos do Universo utilizando ideias que os mortais poderiam compreender. Muitas analogias e simbolismos foram largamente utilizados no antigo Egito para explicar os princípios de atração entre opostos e iguais, as coincidências e ocorrências históricas que além disso se convertiam em fatores predictivos para o futuro. Tinha inclusive formas prescritas para explicar por que os resultados esperados não se materializavam.
O poder que os feiticeiros alcançavam através destes feitiços egípcios podia servir para muitos propósitos, bons e maus. Podia ser utilizado para manipular a conduta ou os sentimentos de outras pessoas, existiam grande quantidade de feitiços de amor egípcios, bem como conjuros antigos para a boa sorte, a proteção do lar e os seres queridos, e a conservação da saúde. De acordo com os escritos de calístenes nectanebo II, a magia utilizava-se frequentemente para defender a seu país dos inimigos externos.

Como fazer feitiços egípcios


A palavra falada ou, mais potente, escrita e lida em voz alta, era o principal médio para influir nos demais seres e moldar a realidade à própria vontade. Estes conjuros egípcios antigos com frequência acompanhavam-se de ações, rituais, precisamente, prescritos para conseguir os resultados desejados. Vejamos como fazer rituais egípcios de magia caseira:

Feitiço egípcio para a proteção e boa fortuna

Precisará os seguintes elementos para este feitiço:
-Uma vela branca
-Imagem ou desenho de uma orelha com o nome “amón” escrito em tinta negra

Acende a vela e coloca o desenho embaixo dela. Entoa o seguinte conjuro:

“Não há refúgio para o coração,
exceto em amón. Ele, cujo nome é secreto.
Pronuncio tuas palavras em voz alta para que todos possam escutar de tua bondade.
Peço-te tua proteção e boa fortuna”.

Depois toma o papel e põe em frente à vela. Dei:

“Procede em paz, para que eu possa repetir as boas obras que meu coração fez com o fim de silenciar o mau. fiz quatro boas ações no meio do portal do horizonte. Fiz os quatro ventos para que todo homem respire em seu momento. Fiz a grande inundação para que o pobre tenha o poder dos grandes. Fiz a todo homem igual que a seu colega. Ordenei não fazer o mau, e fazer oferendas divinas aos deuses”.

Depois toma o papel e põe embaixo da vela de novo e dei:

“amón, estas palavras pronunciadas por ele, cujo nome é secreto, me abençoa com sua proteção e boa fortuna.”

Depois, deixa que a vela se queime por completo. Toma os restos da vela e o papel, e atira em um ribeiro ou rio que flua rápido.

Antiga maldição egípcia

Este feitiço é muito perigoso e não se recomenda a ninguém o praticar. Este é um feitiço egípcio que se utilizava nos tempos do Antigo Egito para amaldiçoar a quem se opunham à ordem do Faraó. Precisará os seguintes elementos para fazer este feitiço:

-2 velas vermelhas e 2 velas negras
-Os nomes daqueles que deseja amaldiçoar
-Areia negra

Deverá fazer em uma noite de lua cheia. Sal afora e coloca as velas a tua ao redor. Utiliza a areia negra para formar um círculo que ligue as velas. Depois em um papel escreve os nomes das pessoas que deseja amaldiçoar, o coloca adiante de ti e visualiza o pior que lhes poderia passar. Medita sobre isto uns 5 minutos. A seguir, pede a osiris, anubis e Set que condenem a miséria a esta pessoa ou estas pessoas. Uma vez feito isto deixa que os deuses se ocupem do resto.



Tags: