Autor Tópico: Não estava em paz  (Lida 421 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ricardo

Não estava em paz
« em: Janeiro 26, 2017, 12:24:42 am »
O Sr. Sousa era um homem extremamente católico, não acreditava em fenómenos paranormais e nunca tinha tido qualquer tipo de contacto com acontecimentos do género. Contudo, após os acontecimentos que vou relatar, este respeitável cidadão de 55 anos passou a acreditar que nem sempre há que ver para crer. Uma noite, o Sr. Sousa começou a ter dores no peito, como se alguém estivesse sentado em cima dele, fazendo com que não conseguisse respirar. Fez análises, foi ao médico, e nada se passava de anormal com a sua saúde. Contudo, continuava a acordar a meio da noite, com aquela dor no peito, o ar a faltar e nenhum outro sintoma que o pudesse levar a crer que estava doente. Certo dia, o Sr. Sousa encontrou uma vizinha na rua que, apesar de ser sempre uma pessoa bem disposta, naquele dia parecia preocupada. Ao perguntar pela saúde da senhora, o Sr. Sousa veio a ouvir um relato que se parecia terrivelmente com o seu próprio caso. A vizinha queixava-se de dores insistentes no peito, e garantia que os médicos não conseguiam explicar os sintomas. O Sr. Sousa ficou intrigado com a situação mas não referiu a sua própria experiência. Umas semanas depois, com as dores todas as noites, o Sr. Sousa voltou a falar com a vizinha. O que ouviu deixou-o ainda mais intrigado. Segundo a senhora, outras pessoas na área queixavam-se dos mesmos sintomas. Uma dessas pessoas, crente no paranormal, sugeriu que se fizesse uma consulta com um espírita. A resposta era simples, uma senhora que ali vivia, tinha morrido recentemente e o seu corpo tinha sido enterrado num cemitério local. Contudo, ela desejava ser enterrada no local onde tinha nascido e o seu espírito não estava em paz. As dores do Sr Sousa pararam na mesma altura em que as dores dos restantes vizinhos pararam também: no dia em que o corpo foi mudado para a campa desejada pela defunta.

Publicada por Morgouse



Tags: