O Nome Misterioso do Tarot

  • 0 Respostas
  • 1248 Visualizações

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ricardo

  • Moderador Global
  • Aprendiz de Mestre
  • *****
  • Mensagens: 712
  • Sexo: Masculino
O Nome Misterioso do Tarot
« em: Janeiro 24, 2017, 11:52:58 pm »
O Tarot é um poderoso instrumento que quando nas mãos certas surpreende até quem “lida” com ele desde sempre. Tanto nas chamadas artes divinatórias até ao seu uso pessoal voltado para o auto-conhecimento, feito com seriedade e honestidade de propósitos, concede à mente humana a reaproximação e conhecimento das energias que emanam do Absoluto.
O nome Tarot, (também conhecido como tarot, tarocchi, tarock e outros nomes idênticos como o Tarocchini italiano e o Tarô francês.) pode ser analisado de várias formas :
Ao ser considerada a origem egípcia temos:
TAR = caminho, Rho = rei ou real
Portanto: TAROT = “ O Caminho Real” ou “Caminho da Vida”
E , por fim:
TAROT escrito de trás para frente é igual a TORAT, que em hebraico é o nome dos 5 livros sagrados ou Pentateuco.
TARÔ, trocando as consoantes transforma-se em ROTA
E se escrevermos TAROT dentro de um circulo este nome continua-se a si próprio fazendo alusão à interminável tarefa dos 22 caminhos que deverão ser completados e reiniciados sempre na perspectiva do Arcano XIII - Fim de um ciclo reinicio de outro…
Mas isso é “tinta para outra carta”…
Voltando ao nome…

Desta forma, o Tarot pode ser entendido como a rota de uma longa jornada em que o ser humano se depara com uma série de situações representadas por cada um dos vinte e dois Arcanos Maiores, que juntos, somam todas as experiências possíveis à existência humana - o Caminho Real. Assim é olhando os Arcanos maiores como portais, repletos de simbologia, pertença do inconsciente pessoal e colectivo que se abrem e nos permitem uma “visualização e consciencialização” desse “ADN” espiritual colectivo.
Sendo este um assunto deveras apaixonante e o que eu pretendia era somente uma abordagem ao nome TAROT encaminho quem queira aprofundar os 22 caminhos do Tarot para um texto neste Blog com o mesmo nome: Os 22 caminhos do Tarot…
Esse mesmo texto deverá ser lido, não numa perspectiva “confusa” e inatingível mas à partida percebendo a essência espiritual, com que estamos menos habituados a conviver e não por isso menos acessível.
E quanto a isto cito o Autor do texto os 22 caminhos… Ricardo Zen que diz o seguinte:

O Tarot é, acima de tudo, uma forma de nos conhecermos a nós próprios. Dentro de nós existe um outro eu. O verdadeiro, livre de amarras e espartilhos sociais. O nosso eu tal como era quando nascemos. Puro, simples, sem preconceito, sem tabu. Conhece-lo é um trabalho difícil e que demora.”