Fizeram-me feitiços pra me separar do meu marido-Desde 2011 a sofrer.

  • 0 Respostas
  • 444 Visualizações

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ricardo

  • Moderador Global
  • Aprendiz de Mestre
  • *****
  • Mensagens: 712
  • Sexo: Masculino
Boa noite a todos.Venho expor aqui o meu caso pra que todos os que se possam identificar com o meu sofrimento e caminho possam saber que existe ajuda e para que todos os que pensam recorrer a esses feitiços pra conseguirem os seus intentos pensem nas suas consequências a vários níveis e ponderem.

Conheci o meu actual marido em 2011 por via do facebook.Eu vivia em Lisboa,embora fosse nascida na Invicta e ele vivia na Invicta mas nunca nos tínhamos cruzado sequer antes.Começamos a falar,foi crescendo algo muito forte entre nós e 1 mês depois de nos termos conhecido eu estava a mudar-me para o Porto pra viver com ele.

Ele era um homem separado há já 2 anos,vivia na casa da mae com a sua filha pois a mae da menina pouco queria saber dela.Infelizmente eu não sabia que ela rea totalmente obsecada por ele,que embora a traição dela tivesse sido a razão do final deles e ela já vivesse com um outro homem continuava a persegui-lo e a dizer a toda a gente que ele nunca a iria esquecer,que ele nunca iria ter outra mulher,etc,etc uma vez que desde a separação ele andava com muitas e não tinha nada serio ou assumido.Eu desconhecia também que ela recorria a bruxos/videntes com frequência.

Quando ela viu que eu era diferente,que ele me assumiu,pos aliança no dedo,que ele me trouxe pra viver com a mae dele e a filha começou o meu pesadelo. Tirando as discussões constantes,agressoes,destruição de propriedade,que isso era o menos...comecei por ter do nada uma doença grave nos rins quando nunca sofri de rins,comecei a ouvir vozes,gritos,sussurros,tudo e mais alguma coisa,tinha pensamentos destrutivos,achava que o meu marido não me amava,a filha dela que era super educada começou a tratar-nos mal,a insultar-nos e a fazer asneiras e também ficou doente dos rins inexplicavelmente assim como o meu marido.Comecei a sentir-me letárgica,desesperada,surgiram tentativas de suicídio...Já não conseguia estar em casa,os barulhos na porta faziam-me imaginar que era ela pra me perseguir,ja nem à rua saia porque tinha a paranoia que ia encontrar alguém dela ou da família dela que me ia matar,inclusivé eu andava sempre de faca na carteira pra me defender. Tudo o que o meu marido dizia me irritava,comecei a perceber que ele estava letárgico também,tinha perdido a capacidade de decisão,tinhamos discussões horríveis em que eu lhe apontava facas e ele me ameaçava de pistola e 1 hora depois não se passava nada,de repente comecei a detestar a minha cidade e todos os sintomas,agressividade,desejo de suicídio desapareciam quando eu ia dois ou três dias trabalhar pra outra cidade.

Recorri à psiquiatria,fui consultada pelos melhores especialistas do Hospital Magalhães de Lemos e por 3 anos tomei todos os medicamentos que me receitavam correctamente mas só piorava,além disso,nao fazia sentido do ponto de vista medico que eu tivesse um problema de saúde mental que desaparecesse assim sem mais 30min depois de eu me começar a afastar do Porto e do meu marido.Era incrível!

Farta de tudo,no ultimo fim de semana depois de mais uma crise em que ingeri muito álcool e tive vai-não vai pra tomar os comprimidos todos que tinha aqui enquanto estava sozinha em casa achei que isto era demais pra eu suportar e recorri a um fórum a pedir muita ajuda,mesmo desesperada,pra saber se a ex mulher do meu marido me tinha feito um feitiço ou se estava mesmo a elouquecer.

Graças a Deus,o mestre veio em meu socorro e confirmou-me que sim,que tinha sido vitima de vários trabalhos da parte da ex do meu marido pra que nos separássemos.Que o motivo foi uma vingança,pois talvez ela não acreditasse no nosso amor repentino e pensasse que eu teria sido já a razão 2 anos antes de ele não lhe ter perdoado a traição e voltado pra ela,voltado a compor a família.

Por causa disto sofri muito,tanto que nem consigo explicar...

Agradeço muito ao mestre porque com os conselhos dele e a ajuda que ele me está a dar hoje mesmo já me sinto melhor.Tive algum mal estar,sensação de vomito,dor de cabeça como se me estivessem a espremer a cabeça entre mãos fortes mas o mestre já me descansou e disse que faz parte do processo.

Tenho muita fé que com a ajuda dele e com as defumações que me indicou vou ter paz,eu e a minha família.Muito obrigada do fundo do meu coração.