Autor Tópico: Como desenvolver psicografia  (Lida 74 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ricardo

Como desenvolver psicografia
« em: Março 05, 2018, 11:21:29 pm »
Vou partilhar o melhor que conseguir um processo de desenvolver psicografia de acordo com a minha experiência. Parte do processo li em livros espiritas outra parte ensinaram-me numa parte mais avançada quando quis saber como acontecia este processo.

Não digo que é o único, digo apenas que foi o mais intuitivo, seguro e rápido que vi. Ao longo dos anos notei que muita gente conseguia o fazer, uns mais rápido outros mais lentos, mas quase todos atingiam os mesmo resultados.
O processo é consciente que de acordo com o espiritismo é o mais difícil de provar, no entanto vou dizendo como o podem provar de forma simples.


Em cada passo vou tentar explicar o que acontece fisicamente e espiritualmente para ser mais fácil entenderem, caso tenham duvidas perguntem.



Antes de começar seja o que for convém entender muito bem o que vai acontecer e porquê.

Primeiro tem que entender porque o querem fazer. Pode ser por curiosidade e nada mais. Mas entendam que todos os processos tem responsabilidades com o que se aprende. Não existe grandes perigos inicialmente, mas numa forma avançada existe perigos, que são os normais em qualquer comunicação, cujo pior é ficar subjugado à vontade e desejos de um espirito inferior. Por isso no inicio percam um pouco de tempo a perguntar a vocês mesmos porque querem fazer.

O processo vai ter várias fases:

1. Aprender a “escrever”. Uma das pessoas que me ensinou dizia que era para “libertar a mão”. Pode demorar horas ou dias, durante esta fase vai-se fazendo linhas, ondas, letras, vários tipos de caligrafia. O objectivo aqui é que a vossa mão, e por consequente a vossa mente, fique “liberta da matéria” e assim ficar mais sensível a acções espirituais. Nesta fase um espirito será encarregue de vos ensinar os exercícios. Evitem fazer perguntas, deixem o processo correr livremente. Se fizerem perguntas apenas vão fazer que o “professor” vá embora e atrasam o processo, pois a razão de ele estar presente não é responder a nada.

2. Aprender a “escrever textos e ideias”. Aqui a lógica é aprender a distinguir tipos de mensagens. Nesta fase a ideia é redigir textos, frases, ideias e aprender a distinguir o que se pretende. Podem fazer perguntas, pois vão ser vários espíritos a responder. Podem no entanto fazer perguntas, pois assim ajudam a aparecerem respostas, no entanto não levem a sério as respostas. Vão aprender que existem vários tipos de espíritos a comunicar e cada comunicação em si vai ter vários. Vão ter de aprender a rejeitar ideias e distinguir as correctas. NADA do que é dito nesta fase é para ser levado a sério. A ideia não é essa, tudo não passa de exercícios.

3. Provas e textos mais complexos. Aqui é escrever textos complexos e como tal alguém vai ensinar. Vai aparecer um perigo que pode atrasar ou mesmo acabar com toda a progressão para sempre. Os textos vão ser emotivos e muitos podem mesmo vos tocar profundamente e tem que ter força de os considerar como um exercício. Os piores vão ser aqueles que vos tratarem como seres especiais, como enviados pelos “Anjos” e vos fazerem sentir grandes e especiais ou espíritos com nomes “importantes”. Nesta fase ou vencem o vosso orgulho ou caiem numa espiral de mentiras e decepção. Aqui o que se aprende é nem mais nem menos que temos de abandonar o nosso orgulho e admitirmos que não somos melhores que ninguém.

4. Ajuda. Nesta fase vão aparecer pessoas com pedidos de ajuda válidas. Evitem pedidos mundanos, o namorado, o vizinho, etc. Em cada ajuda as provas serão dadas como é alguém em particular. Aqui a evolução é principalmente espiritual. Se o fizerem sempre com uma moral positiva serão apoiados de maneira surpreendente. Aqui podem fazer as perguntas que desejarem e serão atendidos. Aqui o complicado é que podem perguntar e escrever sobre alguém que vos pede ajuda na presença dessa pessoa. Mas acerca de vocês tem que ser muito contidos podem perguntar mas tem que evitar se englobar outras pessoas, por ex, namorada, marido, etc.

5. Fim. Pode um dia tudo acabar da mesma maneira que começou. Neste ponto nada escrevem, é como nada fizesse sentido. Se isso acontecer, parabéns, pois quer dizer que este processo não é mais necessário, cumpriram uma fase na vossa evolução espiritual e outra vai aparecer.


Como fazer:

1. Precisam de uma caneta e de um caderno, pois é melhor ficar registado a evolução ao longo dos dias. Escolham uma hora para o fazer e tentem nos dias seguintes fazer na mesma hora, basta 30 minutos diários ou menos.
O local pode ter luz e ser durante o dia mas convém ser calmo. Façam numa mesa escolham uma maneira confortável para se sentarem. Podem fazer acompanhados e podem ir falando com a pessoa que está convosco durante o processo.

2. Percam pelo menos um minuto para se concentrarem e sigam à risca este processo.
A) Façam algo que optem por rotina, por exemplo, rezar algo ou algo que vos ajude a concentrar.
B) Peçam a Deus vos ajude e mande alguém BOM vos ajudar.
C) Peçam ao vosso anjo da guarda (santo, espirito que confiam, etc) que fique presente e vos proteja.

3. Peguem na caneta. Pousem o cotovelo na mesa e a ponta da caneta levemente no papel. O mais leve possível no inicio. Quando começar, mesmo que achem que são apenas riscos involuntários resultado da vossa mão estar cansada, continuem. Quando aparecer vontade de fazer riscos continuem sempre. Não vão ter certezas de nada no inicio, por isso continuem. Pode acontecer sentirem uma “corrente de ar” a passar pela palma da mão que está a escrever. Numa fase mais avançada podem sentir uma mão encima da vossa ou alguém a dar-vos a mão.

4. Após o primeiro ou segundo dia de exercícios, não peguem mais na caneta. Coloquem ao vosso lado e após a concentração vai aparecer “vontade” na vossa mão de pegar na caneta e nesse ponto começa a comunicação. Sempre que começar a comunicação com um espirito devem cumprimentar o espirito. Aqui eu uso um “truque” que me ensinaram e resulta nesta fase. Digam correctamente: “A paz esteja contigo” e a resposta deve ser mais ou menos “A paz esteja contigo também” A frase não é magica, mas vão notar que espíritos negativos vão arranjar maneiras criativas de não responder. Numa fase evoluída, sempre que a comunicação acaba, acontece o inverso com a mão desejar pousar a caneta. E despedem-se deste espirito.

5. Agradecer a todos os presentes:
A) A Deus
B) Ao vosso Anjo
C) Aos vosso guias
D) Aos vosso “professores”


Basicamente é isto.



Tags: