Autor Tópico: Acredita em visitas extraterrestres? Entenda o caso Roswell  (Lida 56 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ricardo

Acredita em visitas extraterrestres? Entenda o caso Roswell
« em: Março 04, 2018, 11:22:16 pm »
Dia 02 de julho de 1947, um dia normal para um fazendeiro chamado William Brazel. Enquanto andava a cavalo com seu filho, ele se deparou com destroços pelo local. De início, ele não deu a importância que devia, pois já estava acostumado a encontrar por ali restos de balões meteorológicos. Apenas dois dias depois, juntamente com sua esposa e seu outro filho, retornou ao local e estranharam aqueles objetos.

Um mês antes desse caso, um piloto chamado Kenneth Arnold trouxe relevância ao assunto. Ele contou ter avistado aeronaves deslizando na superfície de um lago enquanto sobrevoava o Oregon. Por isso, naquela época, alguns jornais ofereciam até três mil dólares por provas de que haviam os famosos “discos voadores”.

Então, encorajado pelos vizinhos, no dia 07 de julho, William se dirigiu até a delegacia para informar de que talvez teria encontrado restos de um disco voador. Os objetos foram recolhidos pela Força Aérea para análise enquanto a história se espalhava gerando uma certa repercussão.

Segundo Brazel, os materiais eram bem estranhos, tinham hieróglifos roxos e se um pedaço fosse amassado, ele logo retornaria ao formato original.

Logo depois do acontecido, um jornal local publicou que a Força Aérea do Exército dos Estados Unidos teria encontrado destroços de um disco voador, mas no dia seguinte o jornal desmentiu a história.

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Muitas pessoas acreditavam que o objeto que caiu seria realmente uma nave alienígena, mas depois do caso tomar proporção, a versão oficial do governo e dos militares é de que aqueles destroços seriam de um balão de vigilância da Força Aérea dos Estados Unidos.

O tempo se passou e o caso foi “esquecido”. Mas, depois dos anos 70, ufólogos começaram a remexer no caso e afirmaram que seria possível uma ou mais naves terem se colidido, e que seres alienígenas teriam sido resgatados por militares que tentaram por algum motivo esconder a verdade da população.

O caso voltou a ser questionado. Pesquisadores lançaram livros defendendo a tese de que os destroços eram de uma nave alienígena. Inclusive, novas testemunhas foram identificadas, entre elas o major Jesse Marcel. Um físico nuclear chamado Stanton Friedman o localizou e teve revelações privilegiadas…

Marcel contou que antes de entregar os objetos aos superiores, passou em casa para dar à família o privilégio de verem de perto os destroços da nave. Afirmou também que o material levado por ele foi trocado. Barras de metal resistente e folhas de algo parecido com alumínio teriam sido substituídos por pedaços de um balão meteorológico enquanto ele apontava o local do acidente e que ainda tinha sido obrigado a posar segurando os restos do balão.

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


O mais estranho disso tudo é que um agente funerário chamado Glenn Dennis afirmou que no dia 07 de julho de 1947 (dia em que William Brazel entregou os objetos), alguém da base aérea ligou e fez o pedido de quatro pequenos caixões e ainda pediu explicações sobre conservação de corpos.

 “Quatro legítimos ETs, cinzas, sem roupas e pequeninos, mas com cabeças e olhos enormes. Segundo os teóricos da conspiração, o governo conduziu uma autópsia top secret nos alienígenas e aprendeu, por exemplo, que o sangue deles não é vermelho e que a proporção de seus estômagos em relação aos corpos é diferente do humano. ”

Mas a população teve que engolir a história de que seriam apenas bonecos de testes levados por balões de pesquisa que caíram fora dos limites das bases.

Será que estão escondendo a verdade de nós? Será que recebemos essas visitas?

Edgar Mitchell, um cientista muito respeitado e 6º homem a pisar na Lua, disse em uma entrevista que sim! Ele cresceu em Roswell e teve muita informação sobre o que realmente aconteceu.

Confira essa entrevista:



Fonte: Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra



Tags: