Autor Tópico: Magia Draconiana  (Lida 77 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ricardo

Magia Draconiana
« em: Março 02, 2018, 05:11:17 pm »
 Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra





A Magia

A dimensão mágica dos dragões, e a existência da Magia Draconiana ou "Dragon Magic". Ela consiste num ramo mágico, não vinculado a prática wicca, baseado na energia mágica e elementar dos dragões. Como nós sabemos, os dragões são seres essencialmente mágicos e os seus praticantes visam entrar em contacto com essa dimensão através de práticas e rituais ainda ocultas, pois existem poucas fontes que abordam essa temática. Supõe-se que cada um possui o seu próprio ritual e a sua maneira de se conectar com os dragões.

A partir da sua sabedoria e da sua dimensão mágica, os dragões estabelecem códigos de ética, tanto entre si quanto aqueles que buscam o contacto com a sua magia. Nesse sentido, os dragões são muito rigorosos com os pactos estabelecidos com eles e aqueles que não cumprem com o prometido e/ou acordado, estão expostos às mais severas punições como também a fúria dessas entidades mágicas.

A Prática

A prática do "Dragon Magic" exige uma disciplina ética por parte dos seus praticantes, tanto no que se refere ao seu comportamento em diferentes áreas da sua vida mundana e espiritual quanto ao respeito pelo livre arbítrio, o direito de escolha, de cada um. Nesse contexto, entrar e contacto com a dimensão mágica dos dragões preconizam adentrar em outros planos, outras esferas.

Para alguns estudiosos, os dragões por serem seres mágicos e elementares, eles habitam outra dimensão, outro plano astral que está conectado ao plano mundano em que vivemos. É através de rituais mágicos, utilizando elementos mágicos tais como amuletos, estátuas, pedras mágicas ou jóias correspondentes a cada tipo de dragão e os elementos da natureza (terra, fogo, água e ar) que eles representam, para que qualquer um possa entrar em contacto com essa força dragônica. Todavia, quanto mais pura, digna e ética for sua intenção, a sua motivação, o seu contacto com a magia dos dragões será estabelecida prontamente, independente de tempo (curto, médio e longo prazo). É através do seu amor e do seu respeito para com os dragões que você está credenciado para alcançá-los, tendo o seu canal de conexão aberto.

Vale ressaltar que para evitar a hostilidade humana, alguns dragões podem assumir a condição humana para estabelecer contatos com o homem. Para que haja essa interação, o primeiro passo deve ser dado por nós. Tal passo requer o contacto com duas entidades dragônicas principais: Tiamat, a Deusa Suprema ou a Mãe Primordial dos dragões, responsável pela criação do mundo e Apsu, o seu consorte, o Pai de toda a vida.

É através de Tiamat que você pedirá a autorização necessária para se conectar com os dragões e a sua dimensão mágica e pedir a sua bênção. Para isso, você deverá agradá-la acendendo diariamente uma vela em seu caldeirão ¹ e conversar com ela, explicando os motivos que regem o seu contacto. Entre em contacto com os outros dragões ², solicitando que algum deles seja o seu guardião mágico, estabelecendo um vinculo de amor, respeito, amizade, lealdade, admiração e proteção, dessa forma você estará construindo uma parceria mágica com eles.

Uma vez acolhido pelo seu mentor dragônico, quando os seus laços já estiverem fortalecidos, você solicitará que ele sugira quais são os instrumentos/ferramentas mágicos que você deverá utilizar em seus rituais mágicos. Torna-se pertinente que você tenha o seu altar de devoção aos dragões e alguns elementos mágicos ³ e consagrados para essa exaltação e as práticas mágicas.

Para a consagração dos seus elementos e das suas ferramentas mágicas, realize um circulo mágico e evoque o seu Dragão Guardião e os outros dragões, aqueles que correspondam os elementos mágicos que eles representam, para que eles lhe auxiliem na sua iniciação e jornada mágica.

Uma vez iniciada a sua jornada mágica, você precisa praticar os seus rituais mágicos frequentemente, solicitando a presença e a participação dos dragões, estabelecendo uma parceria mágica, como também, homenageando-os (ascenda velas e incenso em intenção a eles,). Assim, você vai adquirindo experiência com o seu guardião e outros dragões e eles vão lhe dando dicas para incrementar cada vez mais as suas magias e propor ensinamentos e desafios. Porém, é muito importante que você mantenha um comportamento ético com eles, pois eles são pouco tolerantes com praticantes indisciplinados, relapsos e amorais.

Nesse sentido, pode-se afirmar, que a prática "dragon magic" é estabelecida de acordo com os seguintes estágios elementares (06):

1. Ritual de Permissão para se aproximar dos dragões: Contacto com Tiamat;

2. Ritual de Filiação: A busca de um guardião mágico, o seu mentor dragônico;

3. A Descoberta das suas ferramentas mágicas;

4. Consagração dos seus elementos e ferramentas mágicas;

5. Potencialize a freqüência dos rituais mágicos e da participação dos dragões em suas magias, estabeleça uma parceria mágica;

6. Fortalecer seus elos com os dragões.


Assim, com o decorrer do tempo e da sua dedicação você vai aprimorando a sua magia dragônica, como também, fortalecendo os seus vínculos com esses seres mágicos e elementares, podendo estabelecer elos eternos com eles. Sobre os elos atemporais, Naelyan Wyvern, fundadora da Tradição Caminhos das Sombras e da Tradição Germânica Wanem, destaca: "Existem aqueles que acreditam que quando você faz um laço de amizade com um Dragão, esse laço não é apenas para esta vida e sim para todas as vidas, por toda a eternidade e além".



Tags: