Autor Tópico: Relato Projecção Astral  (Lida 286 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ricardo

Relato Projecção Astral
« em: Janeiro 25, 2017, 11:32:11 pm »
Estou a publicar a mensagem, para dar a conhecer, uma projecção astral que realizei na noite de 07/10/2016.

Durante a minha meditação nocturna, saí do meu corpo e projectei-me para um local um pouco sombrio.
Existia uma enorme estrada e bastante arvoredo denso à volta, porém, não havia candeeiros na estrada e a unica luz que presenciei foi da lua cheia que surgia entre o arvoredo.
Fui caminhando pela estrada, na espectativa de encontrar algo que pudesse indentificar, para me orientar durante a minha projecção. Não encontrei casas por perto, nem placas que pudessem identificar o local... fazia muito frio e o vento uivava entre as arvores, decidi criar um abrigo para me aquecer e descançar um pouco.
Ouvi então uns passos na estrada, como se fosse alguém a correr. Decidi espreitar fora do abrigo e reparei, que uma senhora de meia idade (devia estar na casa dos 50), caminhava por essa estrada longa, mas eu desconhecia para onde essa senhora ia.
Decidi aproximar-me na expectativa de comunicar com essa senhora, mas percebi que algo de estranho se passava... por mais que falasse, ela parecia não me ouvir e muito menos ver-me. Apenhas caminhava pela estrada, sem nunca ter pronunciado qualquer palavra. Decidi acompanha-la, para ver até onde iria, caminhamos bastante tempo, até que surgiu uma bifurcação e o caminho se dividiu em dois, havendo um caminho que era a descer e outro que era a subir. Percebi que me encontrava num local alto, talvez uma serra... tentei novamente comunicar com a senhora em causa, mas permaneceu na mesma, sem dizer qualquer palavra e ignorando-me. Decidi então parar, para pensar no que poderia fazer e reparei que essa senhora tinha seguido o caminho da esquerda que era a descer, mas como não tinha imformações de nada, decidi tomar o caminho da direita que era a subir, talvez conseguisse chegar ao cume da serra e tivesse uma visão mais vasta da área onde estava... mas à medida que ia subindo, acabei por despertar da projecção.

Foi uma sensação estranha, porque apesar de estar calor no quarto, despertei completamente gelado, como se estivesse na serra.



Tags: