Autor Tópico: A Torre da Caveira  (Lida 177 vezes)

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Offline Neferus

A Torre da Caveira
« em: Abril 04, 2017, 02:28:55 pm »
No ano de 1809, na cidade de Nis, Sérvia, aconteceu uma das batalhas mais importantes da revolta do povo sérvio contra o Império Otomano. Lutando por sua liberdade, o povo daquele país tentava se defender, só que o exército Turco era muito numeroso e poderoso. Por isso, a cidade rapidamente começou a ser tomada pelos invasores, que tinham mais de 36 mil homens atacando.

No comando dos rebeldes estava Stevan Sindjelic. Ele, quando notou que a luta estava perdida, não deixou ninguém recuar ou se render. Em vez disso, ateou fogo no seu próprio depósito de pólvora, matando todos seus homens e também milhares de turcos que já haviam entrado na cidade.

A manobra enfureceu o comandante dos turcos, Hursid Pasha, que deu uma ordem para que todos os crânios do inimigo fossem encontrados, sua pele fosse arrancada e ainda mandou que uma torre fosse construída com o esqueleto dos derrotados. Esse monumento de morte serviria de exemplo para outros povos que tentavam se libertar do domínio Otomano.

No total, a Torre da Caveira contou com 928 crânios dos soldados rebeldes sérvios, muitos dos quais foram arrancados depois, por parentes que desejavam dar um enterro digno a seus entes queridos. Hoje em dia essa torre faz parte do patrimônio sérvio e tem apenas 58 crânios.

Todo trabalho do império Otomano não foi o bastante para assustar o povo sérvio, pois alguns anos depois da construção da Torre da Caveira, aquele povo conseguiu sua independência, mas deixou lá essa lembrança da guerra para homenagear os heróis que morreram na luta.

Fonte: Diego Martins, minilua



Tags: