Autor Tópico: Congelier House  (Lida 55 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online Ricardo

Congelier House
« em: Março 19, 2018, 12:59:49 am »
Charles Wright Congelier era o dono original da velha casa em Pittsburgh, Pensylvania. Ele viveu lá com sua esposa, Lydia, em 1800. As coisas estavam indo muito bem para o Congelier até 1871, quando Lydia descobriu que Charles tinha tido um caso com sua empregada doméstica. Em um acesso de raiva, Lydia Charles esfaqueou-o até a morte e, em seguida, cortou a cabeça da empregada. Após isto a casa permaneceu vaga por algum tempo até 1892, quando foi remodelada para acomodar os trabalhadores da ferrovia em expansão. Os trabalhadores não ficaram por muito tempo na casa queixando-se de ouvir choros inexplicáveis e gritos de uma mulher invisível.

A casa permaneceu vazia por mais alguns anos até que o Dr. Adolph C. Brunrichter comprou a casa, no início de 1900. Os vizinhos acharam Brunrichter estranho, mas de uma maneira inofensiva. Em 01 de agosto de 1901 vizinhos ouviram um grito de gelar o sangue que vinha de dentro da casa. O que aconteceu depois é discutível, mas um vizinho alega que viu um flash de luz vermelha vindo de dentro da casa e o chão começou a tremer. Quando a polícia chegou Dr. Brunrichter estava longe de ser encontrado. Eles acharam o corpo em decomposição de um jovem amarrado a sua cama, encontraram também os corpos decapitados de várias outras mulheres enterradas no porão.

Em 1920, Thomas Edison visitou esta casa assustadora. Edison estava tão inspirado pela casa que ele partiu para fazer uma máquina que permitiria que as pessoas se comunicassem com os mortos. A máquina, infelizmente, nunca foi concluída. Seu desenvolvimento foi interrompido pela morte de Edison.

Infelizmente a casa já não está mais lá, foi destruída quando uma instalação de gás natural localizada perto da casa explodiu.

Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra



Tags: