Autor Tópico: Antigo Testamento  (Lida 105 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online Mestre_Cruz

Antigo Testamento
« em: Dezembro 05, 2017, 09:17:39 am »
O Antigo Testamento tem a sua importância como fonte histórica mas não deve ser interpretado à letra, por inúmeras razões. Eis algumas:

- Nunca ninguém viu Deus e Ele nunca falou directamente a nenhum humano terrestre.

- As mensagens do mundo espiritual, sempre foram e continuam a ser, transmitidas por espíritos de todos os níveis intelectuais e morais e recebidas por médiuns. Evidentemente que, para que uma mensagem seja recebida, o receptor tem que estar sintonizado na mesma frequência do emissor. Isto significa que uma mensagem emitida por um espírito inferior, será captada por um médium de inferioridade moral correspondente. A mesma correspondência se aplica a mensagens emitidas por seres de toda a escala de moralidade e intelectualidade, desde a mais inferior à mais elevada.

- Os textos que o compõe foram escritos* no século II a. C., não tem autoria conhecida, passaram por inúmeras traduções e reflectem uma concepção primitiva da divindade, baseada nos sentidos, necessidades e interesses humanos.

- Até mesmo os profetas, dos quais se destacou Moisés, eram homens e médiuns. Entendiam a mensagem que lhes era transmitida por espíritos, consoante a sua capacidade e transmitiam-na consoante o seu entendimento e interesses.

- A brutalidade contra as mulheres, não foi ordenada por Deus. As palavras foram atribuídas a Deus, mas reflectem o anseio do homem primitivo (no sentido masculino) dominar a mulher a todos os níveis. A explicação é simples e óbvia: só havia uma maneira de o homem ter certezas sobre a paternidade das crianças: controlar a mulher totalmente. Foi fácil fazê-lo, utilizando a força física. Por essa via conseguiu também, directa e indirectamente, ter primazia no acesso ao poder, à instrução, etc.

- Adão e Eva são algumas das figuras alegóricas que se encontram nos textos. Alegorias são representações simbólicas de ideias ou entidades abstractas.

Ainda hoje, a nossa concepção mental de Deus, já não sendo a do homem antigo, certamente continua a ser imperfeita. No entanto, já evoluímos um pouco. As nossas percepções já não se baseiam apenas nas nossas necessidades físicas e os nossos interesses já não se limitam a satisfazer os nossos instintos animalescos grosseiros. Somos capazes de ler o Antigo Testamento com "os olhos e o entendimento" de quem o produziu, pois a única forma de o entender é contextualizá-lo na época e na sociedade em que foi escrito e compilado.



* Espiritualidade » Médiuns e Mediunidade  » Suporte à Mediunidade » Deus impiedoso
"Deus impiedoso" é um texto extenso no qual explico as dificuldades da escrita na antiguidade e os problemas que essas dificuldades causam na interpretação desses textos actualmente.


Especialista em Trabalhos de Ocultismo
Tel/Whatsapp : (+351) 938325882

Tags: