Mensagens recentes

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 [10]
91
Fotografias e Vídeos de Evidência Ovni / OVNI na Turquia (2008)
« Última mensagem por Neferus em Abril 04, 2017, 02:36:23 pm »
OVNI na Turquia (2008)

Os avistamentos na Turquia ocorreram durante vários meses em 2008, e os vídeos disponíveis são considerados por muitos entusiastas como as mais importantes imagens de um OVNI de todos os tempos. O objeto foi visto nas proximidades da capital turca, Ancara, e quem capturou as imagens foi um guarda do Complexo Yenikent, embora inúmeras testemunhas confirmem ter presenciado as aparições.
Embora um importante centro de pesquisas em ovnilogia tenha atestado a veracidade do material, cientistas turcos acreditam que os filmes não passam de animações criadas por computador.

92
Fotografias e Vídeos de Evidência Ovni / Vaga OVNI na Bélgica (1989-1990)
« Última mensagem por Neferus em Abril 04, 2017, 02:35:56 pm »
Vaga OVNI na Bélgica (1989-1990)

Os famosos avistamentos na Bélgica duraram vários meses — de novembro de 1989 a abril de 1990 —, e mais de 140 relatos foram registados apenas durante a primeira aparição. Os objetos foram detectados por radar pela Força Aérea belga e foram descritos como enormes triângulos negros equipados com luzes brilhantes que mudavam frequentemente de cor.
Embora as próprias autoridades belgas não tenham conseguido chegar a uma conclusão sobre o caso até hoje, Renaud Leclet, um conhecido ovnilogista francês, acredita que as supostas aeronaves fossem helicópteros.

93
Fotografias e Vídeos de Evidência Ovni / OVNI em Washington (1952)
« Última mensagem por Neferus em Abril 04, 2017, 02:35:26 pm »
OVNI em Washington (1952)

Ocorrido em 1952 na capital norte-americana,Washington, sete objetos voadores não identificados foram detectados através de radares. As supostas aeronaves foram vistas durante vários  fins de semana na cidade e, inclusivamente, foram fotografadas sucessivas vezes. De acordo com os relatos, os objetos apresentavam uma formação bem atípica e despertaram rumores sobre uma iminente invasão.
Mais tarde, a Força Aérea norte-americana explicou que o fenómeno tinha sido provocado por uma inversão térmica, na qual uma camada de ar quente e húmido cobriu uma camada de ar frio e seco que se encontrava mais próxima do solo, fazendo com que os sinais dos radares fossem desviados e realizassem leituras bizarras.

Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra

94
Fotografias e Vídeos de Evidência Ovni / Fátima e o Fenómeno OVNI (RTP1)
« Última mensagem por Neferus em Abril 04, 2017, 02:34:06 pm »
Fátima e o Fenómeno OVNI (RTP1)

Um dos melhores debates sobre Ovnilogia na RTP (1987), tendo como pano de fundo o livro escrito por Fina d'Armada e Joaquim Fernandes ("As aparições de Fátima e o fenómeno OVNI").

95
Enigmas e Mistérios / O Santo Graal
« Última mensagem por Neferus em Abril 04, 2017, 02:30:36 pm »
Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra



Em um país de maioria católica como Portugal, a figura do Graal é tida, comummente, como a da taça que serviu Jesus durante a Última Ceia e na qual José de Arimatéia teria recolhido o sangue do Salvador crucificado proveniente da ferida no flanco provocada pela lança do centurião romano Longino . A Igreja Católica não dá ao cálice mais do que um valor simbólico e acredita que o Graal não passa de literatura medieval, apesar de reconhecer que alguns personagens possam realmente haver existido.

 É provável que as origens pagãs do cálice tenham causado descontentamento à Igreja.

 A etimologia da palavra Graal é um tanto duvidosa, mas costuma-se considerá-la como oriunda do latim gradalis - cálice. Com o brilho resplandecente das pedras sobrenaturais, o Graal, na literatura, às vezes aparece nas mãos de um anjo, às vezes aparece sozinho, movimentando-se por conta própria; porém a experiência de vê-lo só poderia ser conseguida por cavaleiros que se mantivessem castos. Transportado para a história do Rei Arthur, onde nasce o mito da taça sagrada, encontramos o rei agonizante vendo o declínio do seu reino. Em uma visão, Arthur acredita que só o Graal pode curá-lo e tirar a Bretanha das trevas.

 Manda então seus cavaleiros em busca do cálice, fato que geraria todas as histórias em torno da Busca do Graal.

 É interessante notar que a água é uma constante na história de Arthur. É na água que a vida começa, tanto a física como a espiritual. Arthur teria sido concebido ao som das marés, em Tintagel, que fica sob o castelo do Duque da Cornualha; tirou a Bretanha das mãos bárbaras em doze batalhas, cinco das quais às margens de um rio; entregou sua espada, Excalibur, ao espírito das águas e, ao final de sua saga, foi carregado pelas águas para nunca mais morrer. Certo de que sua hora havia chegado, Arthur pede a Bedivere que o leve à praia, onde três fadas (elemento ar) o aguardam em uma barca. "Consola-te e faz quanto possas porque em mim já não existe confiança para confiar. Devo ir ao vale de Avalon para curar a minha grave ferida", diz o rei. Avalon é a mítica ilha das macieiras onde vivem os heróis e deuses celtas e onde teria sido forjada a primeira espada de Arthur - Caliburnius.

 Na Cornualha, o nome Avalon - que em galês refere-se à maçã - é relacionado com a festa das maçãs, celebrada durante o equinócio de Outono. Acreditam alguns que Avalon é Glastonbury, onde tanto Arthur quanto Guinevere teriam sido enterrados. A abadia de Glastonbury, onde repousaria o casal, é tida também como o lugar de conservação do Graal.

 Diz-se que durante sua permanência na Cornualha, Jesus havia recebido em dádiva um cálice de um druida convertido ao cristianismo (isto entendido como "o que era pregado por Cristo"), e por aquele objecto Jesus tinha um carinho especial. Após a crucificação, José de Arimatéia quis levá-lo, santificado pelo sangue de Cristo, ao seu antigo dono, o druida, que era Merlin, traço de união entre a religião celta e a cristã.

 É na obra de Robert de Boron, José de Arimatéia, que o mito retrocede no templo até chegar a Cristo e à última Ceia. José de Arimatéia era um judeu muito rico, membro do supremo tribunal hebreu - o Sinédrio. É ele que, como visto nos evangelhos, pede a Pilatos o corpo de Jesus para ser colocado em um sepulcro em suas terras.
 Boron conta que certa noite José é ferido na coxa por uma lança (perceba também, sempre presente, as referências às lanças e espadas, símbolos do fogo, tanto nas histórias de Jesus como de Arthur). Em outra versão, a ferida é nos genitais e a razão seria a quebra do voto de castidade. Este fato está totalmente relacionado à traição de Lancelot que seduz Guinevere, esposa de Arthur.

 Após a batalha entre os dois, a espada de Arthur, Caliburnius, é quebrada - pois é usada para fins mesquinhos - e jogada em um lago onde é recolhida pela Dama do Lago antes que afunde. Depois lhe é oferecida outra espada, esta sim, Excalibur. Somente uma única vez Boron chama a taça de Graal. Em um inciso, ele deduz que o artefacto já tinha uma história e um nome antes de ser usado por Jesus: "eu não ouso contar, nem referir, nem poderia fazê-lo (...) as coisas ditas e feitas pelos grande sábios. Naquele tempo foram escritas as razões secretas pelas quais o Graal foi designado por este nome".

 José de Arimatéia foi, portanto, o primeiro custódio do Graal.

 O segundo teria sido seu genro, Bron. Algumas seitas sustentam que o ciclo do Graal não estará fechado enquanto não aparecer o terceiro custódio.

 Esta resposta parece vir com A Demanda do Graal, de autor desconhecido, que coloca Galahad como único entre os cavaleiros merecedor de se tornar guardião do Graal.
96
Enigmas e Mistérios / A família Chijon uma gangue de canibais
« Última mensagem por Neferus em Abril 04, 2017, 02:29:47 pm »
A família Chijon foi uma gangue Sul Coreana de canibais fundada em 1993, nas proximidades de Seul. Seu fundador, Kim Ki-hwan, um ex-presidiário, e outros seis ex-prisioneiros e trabalhadores desempregados, compartilhavam um grande rancor em relação as pessoas ricas. Por conta deste ódio, eles decidiram que deveriam exterminá-las, o fazendo da pior maneira possível.
 Durante um ano, eles sequestraram pessoas que dirigiam super carros ou que faziam compras em lojas de grife. A quadrilha pedia resgate das vítimas, mas elas nunca eram entregues. Ao invés disso, eles a torturavam e as matavam. Posteriormente, algumas vítimas eram desmembradas e os integrantes da gangue comiam algumas das partes. O grupo acreditava que isso lhes dava coragem e lhes forçava a “renunciar a sua humanidade”.
 Depois de matar e comer as vítimas, eles queimavam os pedaços do corpo que sobravam em um incinerador no porão do seu esconderijo.
 A família Chijon foi presa em setembro de 1994, depois que uma mulher que foi sequestrada, conseguiu escapar. Ela havia sido estuprada, forçada a atirar em um outro homem e a segurar a cabeça de seu amigo enquanto ele era sufocado até a morte por um saco plástico.
 Quando a família Chijon foi condenada, os integrantes do grupo deram entrevistas a um canal de televisão.
Nenhum dos assassinos mostrou qualquer traço de remorso.
Um disse aos repórteres de televisão antes de seu julgamento que seu único arrependimento foi que ele não tinha matado mais crianças ricas. Outro membro da gangue, Kim Hyon-yang de 22 anos, disse “eu sinto raiva reprimida e profundo pesar de que eu não pude matar todas as pessoas ricas”.

Fonte: Diego Martins, minilua
97
Enigmas e Mistérios / A Torre da Caveira
« Última mensagem por Neferus em Abril 04, 2017, 02:28:55 pm »
No ano de 1809, na cidade de Nis, Sérvia, aconteceu uma das batalhas mais importantes da revolta do povo sérvio contra o Império Otomano. Lutando por sua liberdade, o povo daquele país tentava se defender, só que o exército Turco era muito numeroso e poderoso. Por isso, a cidade rapidamente começou a ser tomada pelos invasores, que tinham mais de 36 mil homens atacando.

No comando dos rebeldes estava Stevan Sindjelic. Ele, quando notou que a luta estava perdida, não deixou ninguém recuar ou se render. Em vez disso, ateou fogo no seu próprio depósito de pólvora, matando todos seus homens e também milhares de turcos que já haviam entrado na cidade.

A manobra enfureceu o comandante dos turcos, Hursid Pasha, que deu uma ordem para que todos os crânios do inimigo fossem encontrados, sua pele fosse arrancada e ainda mandou que uma torre fosse construída com o esqueleto dos derrotados. Esse monumento de morte serviria de exemplo para outros povos que tentavam se libertar do domínio Otomano.

No total, a Torre da Caveira contou com 928 crânios dos soldados rebeldes sérvios, muitos dos quais foram arrancados depois, por parentes que desejavam dar um enterro digno a seus entes queridos. Hoje em dia essa torre faz parte do patrimônio sérvio e tem apenas 58 crânios.

Todo trabalho do império Otomano não foi o bastante para assustar o povo sérvio, pois alguns anos depois da construção da Torre da Caveira, aquele povo conseguiu sua independência, mas deixou lá essa lembrança da guerra para homenagear os heróis que morreram na luta.

Fonte: Diego Martins, minilua
98
Pilotos avistam estranho fenômeno emergindo das profundezas do Pacífico

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Recentemente, o comandante de um voo entre Hong Kong e Anchorage avistou um brilho avermelhado intenso nas águas da Península de Kamchatka, enquanto sobrevoava o Oceano Pacífico. JPC van Heijst afirmou que foi a experiência mais aterrorizante de sua carreira como piloto comercial.

Segundo relato oficial, na quinta hora de voo, piloto e copiloto viram espantados um brilho intenso saindo das águas do oceano em direção ao céu. “Parecia um raio...Nunca vi nada igual”, declarou o comandante. Apesar de não ter recebido nenhum aviso de possíveis tempestades elétricas na rota, van Heijst decidiu fazer a travessia prevenido contra eventuais fenômenos atmosféricos. “Resolvi fazer algumas fotos do céu noturno e do estranho brilho verde que cobria todo o hemisfério norte”, explicou o piloto, que 20 minutos depois avistou o intenso brilho vermelho alaranjado, “o que foi muito estranho porque, supostamente, não havia nada além de um oceano sem fim, abaixo do avião”, segurou.

“Quanto mais nos aproximávamos, mais intenso era o brilho que iluminava as nuvens e o céu”, descreveu van Heijst. Fiquei muito assustado, pois o aeroporto mais próximo estava a praticamente duas horas de voo do local e não tínhamos outra alternativa senão sobrevoar a luz desconhecida. Reportamos tudo ao Controle de Tráfego Aéreo, que abriu uma investigação sobre o ocorrido”, finalizou o comandante. Entretanto, existem especulações que a origem do brilho pode ter sido causada pela explosão de um vulcão submarino.

Veja mais imagens neste vídeo postado no Youtube:



Fonte: History Channel
99
O LIVRO PERDIDO DE NOSTRADAMUS - History Channel - Documentário Completo

Esse documentário elaborado pelo History Channel traz revelações surpreendentes sobre as previsões de Nostradamus e o futuro da humanidade.

100
Enigmas e Mistérios / Extraterrestres Curam Quatro Crianças de Câncer
« Última mensagem por Neferus em Abril 04, 2017, 02:26:21 pm »
Extraterrestres Curam Quatro Crianças de Câncer

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Eles estão aparecendo em quartos de hospital para pacientes agonizantes, tocando em suas testas e curando-os de câncer terminal !

Esse é o incrível relatório de 14 doutores altamente respeitados e membros do Pyrenees Hospital de Los Ninos em Andorra, Espanha.

Eles viram extraterrestres de 1.5 m de altura usar sua "magia" em quatro crianças doentes terminais no período de um mês. "Eu não pude acreditar em meus olhos", disse a enfermeira noturna Lupe Montoya que estava trabalhando no setor de oncologia do hospital das crianças durante a primeira visita alienígena.

"Eu estava preenchendo relatórios quando vi duas pequenas criaturas caminharem na minha direção. No princípio eu pensei que duas das crianças estavam fora de suas camas e assim eu me levantei para levá-las de volta para os seus quartos. Mas quando me aproximei vi eles não eram humanos. Tinham uma cor castanha, com cabeça e olhos amendoados grandes. Eles não pareciam com nada encontrado nesse planeta. Eu tive medo porque eles pareciam muito misteriosos. Mas ao mesmo tempo eu sentia um tipo de inteligência amorosa nesses estranhos olhos".

A enfermeira Montoya diz que as criaturas entraram no quarto de Juan Lopez, um menino de 7 anos, que esperava-se que morresse de leucemia dentro de uma semana. Ela alertou o guarda de segurança e chamou o Dr. Tomas Ruiz que estava cuidando de outro paciente.

"Quando caminhamos em direção ao pequeno Juan, seu quarto estava banhado de uma luz dourada brilhante", disse o Dr. Ruiz.

Os alienígenas estavam ao lado da cama. Parecia existir um laço místico entre eles e o menino. Um dos seres tocou a testa de Juan, com suavidade, com seu dedo longo e ele foi cercado imediatamente por uma luminosa aura. Quando os alienígenas deixaram o hospital, os doutores radiografaram e examinaram Juan. Ele estava completamente livre do câncer.

Desde aquela noite, Maria Munoz, 9 anos, Anita Pena, 8 anos e Hector Gomez, 9 anos, todos diagnosticados como doentes terminais, também foram curados pelas criaturas desconhecidas. Os 14 membros do staff do hospital viram os seres executar os milagres.

"Há um padrão para essas visitas", diz Dr. Ruiz. "Elas sempre acontecem ao redor 1h da manhã, os alienígenas sempre entram em pares e sempre curam com um toque na testa". Dr. Dego Garcia, famoso metafísico e pesquisador dos aparecimentos de alienígenas há mais de 30 anos, diz que há muito tempo as Montanhas dos Pirineus são conhecidas por sua grande atividade de OVNIs.

Fonte: Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 [10]