Mensagens recentes

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 [8] 9 10
71
Bruxaria Negra & Branca / Magia negra para separar duas pessoas
« Última mensagem por Mestre_Cruz em Junho 29, 2017, 12:30:47 pm »
Mas não importa o que cada um acredita, lembre-se o direito de Três da feitiçaria, que é o padrão ético seguido por todos os praticantes de bruxaria. O que você escolher para o efeito ou resultado do seu feitiço, se há intenções insalubres, o praticante receberá triplo. Quando trabalha a bondade e tem boas intenções, as simpatias devem fornecer as habilidades e o amor para a prática, a fim de ajudar os outros.

Dito isto, não vamos mergulhar em rituais de magia negra para separar casais, mas rituais de magia realmente simples para separar duas pessoas que só usaremos se acreditarmos e se sentimos bem por dentro, que esto é o melhor para ambas as partes. Por exemplo, quando se sabe que o relacionamento é prejudicial para um dos dois, e isso fere a própria relação. Ou quando sabemos que alguém está traindo o outro, e que ambos estariam melhor se eles continuaram o seu caminho cada ou com outras pessoas. Podemos chamar esse tipo de magia branca feitiços para separar um casal.
72
Bruxaria Negra & Branca / Magia negra para separar casal
« Última mensagem por Mestre_Cruz em Junho 29, 2017, 12:28:35 pm »
Magia negra para separar casal. Há um interesse crescente em feitiços de magia negra. Muitas pessoas, especialmente on-line, oferecem os seus serviços, dispostos a emitir essas magias à vontade.


A magia negra é o tipo de magia que usa o poder das trevas, e, geralmente, há uma consciência corrompida por trás dela. Qualquer tipo de trabalho de magia negra deve ser evitado e, definitivamente, qualquer pessoa que preste esses rituais é uma pessoa da suspeita. Normalmente, o uso de tais rituais são dedicados a fraudar, causa destruição ou até mesmo no pior dos casos usando magia negra para matar ou ferir outras pessoas. É muito comum encontrar pessoas que usam magia negra para separar duas pessoas.

Muitas pessoas que se interessam nas artes das trevas não se preocupam por outras pessoas ou por causa de possíveis consequências negativas que possam ocorrer. Quando este tipo de magia negra para separar é praticado, geralmente é apenas para seu próprio benefício.

O termo Magia negra é frequentemente utilizado pelos praticantes de magia branca ou magia benigna, que não aprovam os que são atraídos para as forças das trevas.

No entanto, é preciso entender que só porque você chamá-lo de magia negra não significa necessariamente que tem más intenções. Isso só pode significar que o praticante tem como objetivo quebrar ou fazer desaparecer algo não desejado. Por exemplo, se livrar de um valentão, se livrar de uma doença ou afastar pragas indesejáveis.​

Muitas vezes, os bruxos e bruxas são considerados como mal em geral. Infelizmente, as bruxas em filmes muitas vezes são retratadas como pessoas com más intenções para com os outros, e apresenta-os usando ferramentas como o pentagrama, caldeirão e velas pretas. Infelizmente, estas coisas são usadas ​​em feitiçaria todos os dias, e têm sido associadas, através de filmes, à magia negra, levando à noção de que esses símbolos são ruins, infernais e ligados ao satanismo.

Isso é prejudicial para todos os praticantes de magia branca, que tem sua adoração com base em uma natureza gentil. Todas as artes mágicas tendem a ser manchada com a mesma escova. Algumas pessoas pensam que todas as formas de energia sutil são ruins e estão ligadas ao satanismo. Algumas pessoas pensam que os rituais negros ou brancos estão todos sob o mesmo guarda-chuva e devem ser evitados, mesmo que tenham boas intenções, ou se eles são usados ​​para a paz, o amor e a saúde.
73
Assuntos Místicos Generalistas / Demônios capazes de influenciar os homens.
« Última mensagem por Mestre_Cruz em Abril 18, 2017, 11:33:55 am »
Demônios capazes de influenciar os homens.

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Durante a Idade Média, demônios eram presenças constantes. Responsabilizados por tudo, desde vozes roucas a nudez pública, demônios eram uma força onipresente e um culpado viável para todos os aspectos ruins da natureza humana.
Demonologistas medievais escreveram enciclopédias inteiras, incluindo A Chave Menor de Salomão, Compendium Maleficarum, História Admirável, e Pseudomonarchia Daemonum (em português, “falsa monarquia dos demônios”), dedicados à classificação de demônios e suas contribuições.
Conforme as pessoas se afastaram da crença nessas forças malévolas, começaram a admitir responsabilidade pelo próprio comportamento ruim. Confira uma lista de demônios responsáveis por vários comportamentos na verdade humanos:

1 – Ardad, o demônio que faz os viajantes se perderem

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Se você já tirou férias e teve problemas para encontrar seu hotel, seu carro, seu mapa, sua medicação, ou o resto de sua família, você provavelmente encontrou Ardad, o demônio que faz os viajantes se perderem.
Ardad não é tão poderoso como demônio, porque seu trabalho é seduzir um comportamento que a maioria dos mortais não tem problemas em ter por conta própria. Talvez ele possua mais frequentemente os homens que são inflexíveis em perguntar por direções, e também seja responsável pelo mau funcionamento do GPS nas grandes cidades.



2 – Agares, o demônio dos terremotos, da linguagem chula e da destruição da dignidade

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Você está atrasado para uma reunião no seu novo emprego. Você se senta na mesa, e o fervor de comunicação morre até a sala ficar quase silenciosa, até que você derrama café quente em toda a sua roupa e grita um sonoro e audível “#*$@!”.
Um silêncio mortal invade a sala, e você sente a repugnância nos olhos de seus novos colegas de trabalho graças a sua falta de profissionalismo. Felizmente, você pode se explicar dizendo que você está lutando contra o demônio Agares.
Agares é um grão-duque do inferno qye preside mais de 31 legiões de demônios. Ele particularmente gosta de destruir dignidades, ensinar linguagens sujas, e faz com que aqueles que correm fiquem parados. Agares também pode causar terremotos.



3 – Astaroth, o demônio da vaidade, preguiça e racionalização

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Depois de acordar às 11:30 da manhã, a preguiça de caminhar até a cozinha para fazer café da manhã o faz pegar o telefone e pedir comida. Em seguida, você liga a TV e passa o dia todo vendo programas inúteis, imaginando que se você fizesse parte daquele roteiro, seria provavelmente o protagonista gostosão. Ao fim do dia, você diz a si mesmo que não houve problema em ter passado as horas dessa forma, já que você trabalha tão duro a semana toda e tem poucas chances de descansar. No dia seguinte, você faz a mesma coisa.

Se você já se encontrou nesta situação antes, provavelmente estava atormentado pelo demônio Astaroth, que provoca a preguiça, a vaidade, e a racionalização. Ele, no entanto, dá poder às serpentes. O melhor remédio para uma “infecção” de Astaroth é uma oração ao seu arqui-inimigo São Bartolomeu, que lhe ensina como não sucumbir às tentações de Astaroth.



4 – Ose, o demônio da insanidade

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Você tem um grande problema se o demônio Ose possuir você, pois você vai realmente acreditar que é um rei, o papa, ou qualquer criatura. A maioria das pessoas rotula este tipo de comportamento como loucura, o que é exatamente o que Ose planeja para manter seu disfarce.
Ose é um presidente do inferno e dirige trinta legiões de demônios. Se você tiver um problema com este demônio, provavelmente não saberá, já que ele transforma os pensamentos dos mortais infligidos a acreditar que eles são da forma que ele escolhe.



5 – Sitri, o demônio que faz as pessoas revelarem-se nuas

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Sitri faz os homens e mulheres revelarem-se nus, e ironicamente revela os segredos das mulheres. A presença de Sitri provavelmente é disfarçada em festas de faculdades ao redor do mundo. Para aqueles que comumente fazem um papel ridículo quando embriagados, ou para aquelas que morrem de vergonha depois de um caso de uma só noite embaraçoso, pode ser reconfortante saber que você tem alguém para culpar além de suas próprias más escolhas.
Em A Chave Menor de Salomão, Sitri é um grande príncipe do inferno, reinando sobre 60 legiões de demônios. Acho que um bom remédio para uma possessão de Sitri é deixar a casa usando bastante camadas de roupas e sem ter tomado um gole de álcool.



6 – Pruflas, o demônio da discórdia, brigas e falsidade

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Se você e seu namorado brigam absolutamente o tempo todo, vocês não precisam terminar; precisam é de um exorcismo. Pruflas, como dito pelo demonologista Johann Weyer em Pseudomonarchia Daemonum, é um duque do inferno, com 26 legiões de demônios sob seu domínio. Ele promove a discórdia, brigas e falsidade. Tenha em mente, as infidelidades e mentiras não podem ser atribuídos a qualquer uma das partes: a culpa é de Pruflas.



7 – Belzebu, o demônio da glutonaria

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Você sabe que está lutando contra Belzebu quando, após a sua terceira viagem até o Buffet “tudo o que você aguenta comer”, você retorna a uma mesa cheia de amigos com um prato igualmente cheio de comida e não consegue deixar de pensar sobre o quão bom será comer um banana split triplo com chantilly e nozes quando terminado o seu banquete.

O mais provável é a presença do demônio da gula em sua alma. E você deve ficar lisonjeado. Belzebu é um demônio e tanto. Na verdade, ele é um dos três anjos caídos mais proeminentes, fortes e poderosos, ao lado de apenas Satanás e Leviatã. E, quando ele não está causando ciúmes e assassinatos ou seduzindo a guerra, ele está fazendo você comer Cheetos.



8 – Asmodeus, o demônio da luxúria

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


O barman novo do local em frente ao seu escritório parece muito sexy, e não é apenas o álcool que você tomou. Você
encontra-se dando uma gorjeta ao lado de uma piscada e um sorriso sedutor, esperando por uma chance de sua companhia no banheiro. O problema é que você é casada.
Esses estranhos desejos sexuais e seu quase desaparecimento pela natureza irresistível da sua própria concupiscência são facilmente atribuídos a Asmodeus, o demônio patrono do pecado mortal. Mantenha as calças nas pernas, no entanto, porque aqueles que caem na sedução de Asmodeus passam a eternidade banidos ao segundo nível do inferno.
Ele é o rei do inferno e responsável pela luxúria dos sete pecados capitais, com maior potência em novembro. Reza a lenda que ele pode facilmente ser enxotado pelo cheiro gerado quando se coloca um coração e um fígado de peixe em cinzas queimando.



9 – Verrine, o demônio da impaciência

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Você não suporta mais do que cinco minutos em qualquer fila. Mais do que isso: após três minutos, você começa a ficar vermelho e gritar com qualquer pessoa a sua frente – velho, criança, deficiente.
Todo mundo que já lhe viu nessa situação poderia suspeitar que você está infectado com uma presença demoníaca, cujo nome é Verrine, responsável pela impaciência. Verrine é um príncipe dos tronos, e está listado na primeira hierarquia de demônios, como explicado por Sebastien Michaelis em História Admirável. Rezar para São Domingos pode ajudá-lo a se livrar deste demônio; é claro que provavelmente ajudaria se todos à sua volta não fossem tão idiotas.



10 – Lúcifer, tudo o que é mal

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Na medida em que os sete pecados capitais estão em causa, Lúcifer é responsável pelo orgulho nos mortais. Este pecado vem do próprio orgulho de Lúcifer, resultando em sua queda do céu. Lúcifer amava a si mesmo acima de qualquer coisa, e sem a ignorância como uma desculpa.
Classificado como o mais alto dos anjos, com seu assento no céu ao lado de Deus, Deus permitiu-lhe poder sobre a Terra.
Quando Deus deixou seu assento, no entanto, Lúcifer sentou-se no trono celestial. Este ato de orgulho de Lúcifer começou uma guerra entre os anjos, e quando Miguel finalmente conseguiu banir Lúcifer do céu, ele foi lançado para a Terra e passou a ser chamado de Satanás.
Os anjos que o seguiram na queda tornaram-se os demônios que criaram todas as aflições da natureza humana, com Lúcifer como o rei. Os plebeus não têm necessidade de se preocupar muito com a forte influência de Lúcifer na Terra, já que ele prefere figuras mais proeminentes como vítimas de sua possessão direta. Historicamente, a sua presença tem sido vista nos tirânicos orgulhosos de Roma, mas nós poderíamos argumentar que o seu carisma está ressurgindo em alguns líderes mundiais mais recentes.

Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
74
Chat Geral / Os mistérios do sangue e a cura emocional da mulher
« Última mensagem por Mestre_Cruz em Abril 18, 2017, 10:34:10 am »
Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


A primeira e mais antiga forma de medir o tempo foi pelo ciclo menstrual das mulheres. Olhando o céu e contando os dias para a chegada da menstruação ou para a confirmação da gravidez, as mulheres criaram os primeiros calendários e estabeleceram as bases do conhecimento místico e mágico da Lua. A raiz da palavra “menstruação” vem do latim mens e significa “lua” e “mês”.

Para os povos antigos, a menstruação era um dom dado às mulheres pelas Deusas para que elas pudessem criar e perpetuar a própria vida. A sincronicidade do ciclo lunar e menstrual refletia o vínculo entre a mulher e a divindade, pois ela guardava o mistério da vida em seu corpo e tinha o poder de tronar real o potencial da criação. Esses ciclos também refletiam oas estações e mudanças da natureza, o ventre aparecendo como receptáculo da vida eterna, simbolizado pelo cálice, caleirão ou Graal em vários mitos. Todos os homens nascem da mulher, seus corpos são formados do tecido de seu útero, o sangue que corre na veia do recém-nascido é o sangue de sua mãe. O poder da mulher vem através de seu sangue, por isso ela não deve temê-lo ou desprezá-lo, mas considerá-lo sagrado, imantado com o poder que liga a mulher à Fonte da Criação.

Considerada pelos povos antigos como a “Flor da Lua” ou o “néctar da Vida”, a menstruação passou a ser denegrida e desprezada pelas sociedades patriarcais, que a consideravam a origem do poder maligno da mulher, a marca do demônio, o castigo dado a Eva por ter transgredido as regras e obediência e submissão. Enquanto que nas sociedades matrifocais as  sacerdotizas ofereciam seu sangue menstrual à Deusa e faziam suas professias durante os etados de extrema eansibilidade psíquica da fase menstrual, a Inquisição atribuía esse poder oracular a prova da ligação da mulher com o Diabo, punindo e perseguindo as mulheres “videntes”. E assim originaram-se os tabus, as proibições, as crendices e as superstições referente ao sangue menstrual.

“Tabu” é uma palavra de origem polinésia , cujo significado – “sagrado” – refere-se a tudo aquilo que por ser imbuído de poder especial chamando mana nao podia ser tocado ou usado por pessoas que não estivessem preparadas para lidar com essa energia, o que poderia lhes ser prejudicial. O sangue mesntrual ou pós-partum era impregando de man, sendo por isso considerado sagrado, ou seja tabu.

Com o passar do tempo, o significado da palavra tabu foi deturpado para proibido, reendo uma conoação negativa e até mesmo perigosa, preincipalemnte para homens que temiam esse poder misterioso da mulher. Esse temos vinha do fato de que o homem, quando sangrava, era por ferimento ou doença, com consequências quase sempre fatais.

Infelizmente, milêncios de supremacia e dominios patriarcal despojaram as mulheres de seu poder inato e negaram-lhe até memso seu valor como criadoras e nutridoras da própria vida. Reuzidas a mera reprodutoras, fornecedoras de prazer ou de mão-de-obra barata, as mulheres foramconsideradas incompetentes, incapazes, desprovidas de qualquer valor e até mesmo de uma alma!

Não mais o respeito e a veneração pelo poder sagrado de seu sangue, mas a vergonha, a repulsa, o silêncio sobre “aqueles dias”, as  ausações e explicações cinetíficas dos estados depressivos, explosivos ou da mudança de humor como algo mórbido, que deveria sert ratado com remédios ou indiferença.

Em vez dos antigos rituais de renovação e purificação nas Cabanas ou Tendas da Lua, onde as mulheres se isolavam para recuperar sua energia e abrir seus canais psíquicos para o intercâmbio com o mundo espiritual, a mulher moderna deveria disfarçar, esforçando-se para continuar com suas atribuições cotidianas, perdendo o contato e sintonia com seu corpo e a nenergia da Lua. O resultado é  tensão pré-menstrual, as cólicas, o ciclo deseordenado, o deconhecimento dos “Ritos de Passagem” edos “Mistérios da Mulher”.  As meninas passam por sua menarca sem nenhuma preparação ou celebração, aprendendo, muitas vezes, as verdades sobre seus corpos de forma dolorosa ou prejudicial. Ao chegar na menopausa, a mulhersente-se marginalizada, desprezada, envelhecida, sem receber apoio ou ensinamento  de ocmo atravessar e aproveitar essa nova fase plena de possibilidades e de sabedoria.

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
 Pelo resurgimento do Sagrado Feminino, as mulheres estão reaprendendo o verdadeiro valor sagrado de seus corpos, de suas mentes e de seus corações. Restabelecem-se os rituais de passagem, celebrando as fases de transição na vida da mulher: a menarca – primeira menstruação – , a maturidade sexual, a gestação, o parto e a menopausa.

É imperativo à mulher contemporânea recuperar a sacralidade de sua biologia. ara isso, ela deve lembrar seus antigos conhecimentos, compreender os verdadeiros mitos e arquétipos de sua natureza lunar, reconhecer o poder mágico de seu ventre e sua conexão com a Deusa.

A sociedade atual, altamente industrializada e intelectualizada, é carente de Ritos de Passagem e Celebrações, preocupando-se apenas com a produtividade, o consumismo e o modismo.

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
 É vital para a mulher moderna suprir essa lacuna lendo e reaprendendo as antigas tradições, usando sua intuição e sabedoria para adaptá-las à sua realidade moderna, celebrando os Ritos de Passagem.

Esse ato de “acordar” e “relembrar” reconecta a mulher à sua esência verdadeira, dando-lhe novs meios para viver de forma mais plena, harmônica, mágica e feliz.

Extraído do Anuário da Grande Mãe – Mirella Faur.

Fonte: Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
75
Livros & Documentos / Bíblia da Sedução – Alex Hilgert
« Última mensagem por Mestre_Cruz em Abril 18, 2017, 10:18:38 am »
Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra

Descrição do livro

O livro em aspecto geral é destinado aos homens, pois a eles

ainda cabe a árdua tarefa de começar uma aproximação. Estou convicto,

porém, de que muitas técnicas expostas nesta obra literária servirão para

ambos os sexos.

As mulheres, por sua vez, obterão conhecimentos não só das

técnicas utilizadas pelo sexo oposto, como também da arte da sedução.

O propósito deste livro não é levar o leitor a colecionar nomes

em sua agenda, como se cada pessoa fosse um troféu de sua conquista.

Permito-me dizer que considero importante ter vários namoros antes do

casamento, eles nos preparam e amadurecem para o único e verdadeiro

troféu: um relacionamento harmonioso.
76
Assuntos Místicos Generalistas / Oração do Pai nosso de trás para frente
« Última mensagem por Mestre_Cruz em Abril 13, 2017, 09:41:40 pm »
Esta oração é muito poderosa, se você tiver força de pensamento a pessoa cai na sua frente muito cuidado ao fazer.


Oração original:

Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome.
Venha a nós o Vosso Reino.
Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje.
Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.
E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai nos
do mal.


Oração ao contrário:


.lam od soniarvil
sam ,oãçatnet me riac siexied son oãn E
.odidnefo met son meuq a somaodrep són omoc missa sasnefo sasson sa iaodreP
.ejoh iad son aid adac ed osson oãp O
.uéC on omoc arreT an missa ,edatnov assoV a atief ajeS
.onieR ossoV o són a ahneV
.n iaPemon ossoV o ajes odacifitnas ,suéc son sátse euq osso



Boa sorte ao rezar, mas preste atenção pense antes de  fazer.
77
Assuntos Místicos Generalistas / O que é Agnus Dei
« Última mensagem por Mestre_Cruz em Abril 13, 2017, 09:24:44 pm »
Agnus Dei significa Cordeiro de Deus. Agnus Dei é uma expressão do latim, muito utilizada pelos cristãos para falar referência a Jesus Cristo, após ter sido sacrificado na cruz.. A expressão Cordeiro de Deus faz parte das celebrações religiosas, fazendo referência a Jesus Cristo.

Agnus Dei é representado por um cordeiro ao lado de uma cruz.. O termo Agnus Dei é citado na  Bíblia, no Novo Testamento, no Evangelho do apóstolo João, onde João Batista diz a seguinte frase a respeito de Jesus:  "Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira os pecados do mundo". Essa mesma frase é citada nas orações rezadas nas missas da religião Católica.

Sacrificar animais, entre eles cordeiros,  fazia parte dos rituais do povo hebreu, como forma de remissão dos pecados cometidos.


Agnus Dei também é um objeto sacramental da Igreja Católica, uma espécie de medalha pendurada em uma correntinha. Esse medalhão costuma ter um formato oval e é moldado com uma cera benta. Esses "sacramentais" têm a função de contribuir para a santificação da pessoa que o usa.

Agnus Dei também é o nome de uma música da autoria de Michael W. Smith, também interpretada pela cantora gospel Aline Barros.
78
Enigmas e Mistérios / Re: Há vida num corpo morto?
« Última mensagem por Mayya em Abril 07, 2017, 03:49:27 pm »
Creepy  ;D
79
Enigmas e Mistérios / Re: Há vida num corpo morto?
« Última mensagem por Sky em Abril 07, 2017, 02:38:20 pm »
Eu não creio que haja vida num corpo morto. Mas realmente é intrigante o facto de continuarem a crescer as unhas e o cabelo.
80
Enigmas e Mistérios / Re: Há vida num corpo morto?
« Última mensagem por Neferus em Abril 06, 2017, 03:59:44 pm »
O nome do defunto é António Moreira Lopes, falecido no ano de 1907 (supõe-se que terá nascido em 1823). O seu corpo foi exumado em 1972 ou em 1978 (segundo elementos informativos díspares), sendo que o mesmo estaria bastante bem conservado, o que fez o povo acreditar que se tratava dum novo caso de "Santo em Carne", embora António nunca tenha sido sequer beatificado (tal como no caso de Maria Adelaide que é apenas venerada popularmente). É curioso constatar que esta personalidade nunca exerceu qualquer ofício religioso, isto é, nunca foi padre, freire ou clérigo, pelo que torna singular o seu relato de vida. Mesmo assim, seria revestido no seu lugar do repouso com traje de frade ou de hábito religioso.
De acordo com o testemunho de Rosa Ribeiro, a qual revela um enorme apreço pelo "santinho", António era um homem repleto de boas qualidades. Às escondidas, cozinhava pão de noite para distribuir pelos mais pobres, num tempo em que a fome e a miséria, provocadas pela instabilidade e agitação sociais, sufocavam impiedosamente os sectores mais frágeis ou vulneráveis. De facto, Portugal viveu várias atribulações e crises no século XIX, realidade igualmente espelhada nos inícios do século seguinte, com o declínio da Monarquia e a instauração iminente da Primeira República que viria igualmente a fracassar. Terá sido neste contexto conturbado que António Moreira Lopes teria procurado auxiliar os mais carenciados, oferecendo-lhes o alimento essencial para as vivências diárias.

Tal como no já mencionado caso de Arcozelo, o seu corpo encontra-se em exposição numa capela, e ainda há um pequeno museu dedicado a esta personalidade. Tornou-se evidentemente num dos cartões-de-visita da freguesia de Beire e do concelho de Paredes, merecedor da adoração e curiosidade de diversos populares.
Quanto ao fenómeno dos corpos incorruptos é óbvio que a questão está longe de ser efectivamente esclarecida pois as teses ou opiniões divergem naturalmente entre religiosos, crentes e cientistas, e por isso, não é uma temática que ousaremos discutir aqui, independentemente das várias visões que possam existir sobre estes casos. Este dossier depende das crenças e convicções pessoais de cada cidadão, pelo que não pretendemos alimentar um debate que é inteiramente subjectivo.
O que é certo é que o número de corpos encontrados incorruptos ou inteiros em Portugal e em condições ambientais equilibradas, após várias décadas contadas a partir do precedente sepultamento, contam-se apenas pelos dedos duma mão, pois são extremamente raros. Em condições normais, um corpo pode levar, no mínimo, alguns meses, ou no máximo, 3 anos para decompor-se na totalidade.

Texto retirado Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 [8] 9 10